Ajude a manter esse site no ar - Deposite qualquer valor : Banco Itaú - Ag. 4518 - Conta: 08594-1 - Gabriel Zanardelli Vince Esgalha - Muito obrigado

Mostra de Filmes: Saúde e Trabalho - Relatório
Relatório da Prefeitura Municipal de Campinas e da Secretaria Municipal de Saúde das atividades realizadas no MIS Campinas
Bookmark and Share



A mostra de filmes Saúde e Trabalho, idealizada pelo Centro de Referência Regional em Saúde do Trabalhador (CEREST) de Campinas e por seu Conselho Local de Saúde, teve por objetivo promover reflexões acerca dos possíveis impactos do trabalho sobre a saúde dos trabalhadores e das populações. A estratégia utilizada para tanto foi a exibição de filmes relacionados às diferentes formas e abordagens do tema ‘Trabalho’ seguida por debates mediados por profissionais e pesquisadores da área de Saúde e Trabalho, ao longo do primeiro semestre de 2010.
Para sediar essa mostra, o CEREST escolheu o Museu de Imagem e Som (MIS), por ser um patrimônio público muito utilizado como palco de outras mostras de cinema e diversas atividades de relevância para a vida cultural do município.
Além disso, a localização central do MIS foi considerada fator importante para que os diversos públicos que gostaríamos de convidar tivessem acesso fácil ao evento.
A mostra de filmes Saúde e Trabalho contou com exibições de filmes nos meses de fevereiro, março, abril e maio, a média de freqüentadores foi de 35 pessoas por filme, composto por estudantes de cursos técnicos e universitários, sindicalistas, profissionais da rede pública de saúde, entre outros. O resultado da mostra foi considerado satisfatório devido à elevada qualidade dos debates após os filmes.
Houve manifestações favoráveis para a continuação da mostra, incluindo a manutenção do local, devido a localização já citada e também a valorosa retaguarda técnica dos funcionários do MIS que nos propiciaram ótima acolhida para a realização desse projeto.
Segue abaixo um resumo da programação e algumas fotos dos eventos:


FEVEREIRO:
Tema: Conscientização sobre às LER/DORT (Lesões por Esforços Repetitivos/ Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho) “Operárias do mundo” (Ouvrières du Monde)
País: França/ Bélgica, 2000
Direção: Marie-France Collard
Sinopse: No outono de 1998, a marca Levi’s anuncia a sua intenção de reestruturar as suas atividades na Europa, transferindo para o exterior seus locais de produção. Na Bélgica e na França, operárias vivem seus últimos meses de trabalho na fábrica, enquanto que na Turquia, nas Filipinas e na Indonésia outras operárias lhes fazem, involuntariamente, uma concorrência fatal, sem no entanto recolher os respectivos frutos. Ao ritmo de seus combates e negociações, do sofrimento dos derradeiros momentos e do medo do futuro, um sentimento de impotência persiste, face à lógica implacável da globalização econômica. É um documentário emocionante, que tem por objetivo devolver a humanidade e a dignidade dessas mulheres que lutam pelos seus direitos.
Debatedores: Denilza Silva (Metalúrgica e Dirigente do Sindicato dos Metalúrgicos de Campinas e região) e Campin Hespanhol Bernardo (Doutora em Psicologia Social/USP e docente do Programa de Pós-graduação do Instituto de Psicologia da PUC-Campinas).

Operárias do mundo - MIS Campinas


MARÇO:
Tema: Saúde Mental e Trabalho
“Missão : demissão” (Violences des échanges en milieu tempere)
País : França/ Bélgica, 2004
Direção: Jean-Marc Moutout
Sinopse: Aos 25 anos, Philippe (Jérémie Renier) chega do interior para fazer parte de um grande gabinete de consultoria empresarial em Paris. Na manhã do seu primeiro dia de trabalho, ele conhece Eva (Cylia Malki), jovem mãe solteira por quem se encanta. Sua primeira missão, que ele assume com entusiasmo, é de preparar uma compra, ainda confidencial, de uma fábrica por um grande grupo. Seus primeiros relatórios são satisfatórios, o que o leva a ganhar a confiança de seu chefe que lhe confia uma nova responsabilidade: selecionar o pessoal apto a continuar trabalhando na nova organização da empresa. A partir de então, ele deverá se convencer e à Eva da ratificação de sua tarefa e enfrentar homens e mulheres de quem ele prepara a demissão.
Debatedores: Cristiane R. M. Marçal (Mestranda no Programa de Pós-graduação em Psicologia, Ciência e Profissão pela PUC-Campinas e psicóloga do Centro de Saúde DIC III), Campin Hespanhol Bernardo (Doutora em Psicologia Social/USP e docente do Programa de Pós-graduação do Instituto de Psicologia da PUC-Campinas) e Ricardo Antunes (Pós-doutorado em Sociologia do Trabalho e professor Titular de Sociologia no Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da UNICAMP.

Saúde Mental e Trabalho - MIS Campinas


ABRIL
Tema: Prevenção de Acidentes de Trabalho
“O Operário” (El Maquinista/ The Mechinist)
País: Espanha, 2004
Direção: Brad Anderson
Sinopse: Trevor Reznik (Christian Bale) é um operário que sofre de insônia. Na fábrica onde trabalha, as condições de trabalho oferecem risco. Para Trevor, os perigos são agravados pela fadiga crônica. Notando a aparência estranha, os colegas percebem que algo está errado, mas não dão a devida importância. Um operário perde um braço em um acidente e todos se voltam contra Trevor, considerando-o culpado. Ele encontra bilhetes anônimos em seu apartamento e fica sabendo que o suposto funcionário envolvido no acidente, na realidade, não existe. Trevor agora se empenha em saber se é tudo um plano para deixá-lo louco ou se o cansaço está provocando uma confusão mental.
Debatedores: Norton Martarello (Engenheiro do Trabalho, Mestre pelo Depto. De Enfermagem da FCM-UNICAMP).

O Operário - MIS Campinas



MAIO:
Tema: Contaminação Ambiental e os impactos para a saúde
“Sonhos” (Yume)
Direção: Akira Kurosawa País: Estados Unidos/Japão
Sinopse: Dividido em oito capítulos – oito sonhos diferentes que dialogam entre si – o filme traz a peculiaridade contemplativa do cinema do Japão, a música característica e os figurinos exóticos aos olhos do ocidente. Lidando com medos e vontades subconscientes, o filme traz desde um passeio por entre pinturas do holandês Vincent Van Gogh até o recorrente pesadelo nacional com a radiação nuclear. A beleza da natureza e o horror de sua destruição, bem como tradições milenares, são os elementos que arremessavam Akira Kurosawa a níveis cada vez mais altos de criatividade. Sonhos certamente encherá seus olhos. E não se surpreenda se também arrebatar sua mente e coração!
Debatedores: Ricardo Mendes (Associação de Trabalhadores Expostos a Substâncias Químicas – ATESQ) e Herling Gregório Aguilar Alonzo (Professor doutor em Saúde Coletiva do Departamento de Medicina Preventiva e Social da Unicamp, com experiência de na área de Vigilância em Saúde Ambiental pelo Ministério da Saúde).

Sonhos Kurosawa - Saude - MIS Campinas



Campinas, agosto de 2010.
Pollyanna Regina Pinto Fisioterapeuta-CEREST Campinas
Andrea Marques Tavares Coordenação -CEREST Campinas


Clique aqui para ver e salvar essa página em formato PDF


Postagens relacionadas:

Charles Chaplin Banner

MIS receberá R$ 1,3 milhão do Ministério da Cultura para reforma do prédio
Ministério da Cultura vai destinar R$ 1,3 milhão para as reformas do local.
Vídeo - A Imagem Militante
Em entrevista realizada em 2009 e editada em 2013 pela equipe do Museu da Imagem e Som de Campinas, João Zinclar falou sobre sua vida, disse que começou a trabalhar como comerciário e depois operário da construção civil na sua cidade natal, Rio Grande (RS).
7ª Mostra Curta
Programação da Sétima Mostra Curta Audiovisual que acontecerá no MIS Campinas do dia 14 ao dia 17 de Novembro

SOBRE O MIS

MIS Campinas

O Museu da Imagem e do Som é uma instituição que desde sua criação vem preservando e difundindo um importante acervo de memória audiovisual da cidade de Campinas.
Saiba mais aqui

CONTATO

Palácio dos Azulejos - Rua Regente Feijó, 859 - Centro - Campinas (SP)
Veja o mapa aqui
Horário de visitação: 09:00 - 20:00

Telefone: (19) 3733-8800.
E-mail: mis@campinas.sp.gov.br
E-mail: gabrielvince@miscampinas.com.br